Companhias para um capuccino

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O Tapete

Aos farrapos
ficaram os fiapos
do amor felpudo
que eu deixei à tua porta
num tapete de "boas vindas"
para que limpasses teus pés
sujando-me
quando entrasses ou saísses
de teu coração.

8 comentários:

Fê Colcerniani Justo disse...

Saudades de passar por aqui e ver o seus sambas lindos! Adorei, mais uma vez! Até

(marta selva) disse...

tato. tu escreves muito. tava com saudade de vir aqui!quero um livro seu!

Luciane Franco disse...

Olá, tudo ótimo e você?
Não poderia deixar de seguir seu blog... trabalho com máquinas de café espresso e com grãos também.

Além de amar o que eu faço, aprecio um bom café!

Abraço,
Luciane

(marta selva) disse...

tato, tu sabes q pode ser uma ideia interessante essa..
vamo conversar mais sobre isso? a gnt podia fazer um grupinho de blogueiros, tipo uns 5 escritores em varias partes do brasil e lançar um livro..que tu achas? vamo amadurecer a ideia?

Tais Medeiros disse...

Obridaga, seu blog também é muito curioso e gostoso de visitar. Espero poder apreciar mais e sempre que puder vá até o meu para tomamos uma xicará de palavras rsrsrs.

Parabéns!! estarei sempre espionandooOo e aprendendo em blog

Mínimo Ajuste disse...

Diferente, romântico e ácido. Muito bacana!

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari disse...

Apreciarei sempre...
Obrigada por visitar meu blog e pela atenção, Grande cafeteiro!